Translate

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Dicas para escritores - Como despertar interesse em sua historia - Parte 1




Nesse espaço chamado Dicas para Escritores, vou falar de alguns atributos que vão diferenciar aqueles que farão sucesso com suas historias dos que não passarão do anonimato, e o mais importante de todos sem duvida, é despertar o interesse do leitor para sua obra. Bom vamos começar pensando naquele livro que te prendeu de forma que você só parava de ler pra dormir.... pensaram? então com certeza:
1) O Publico Alvo
Esse Livro deveria ter um publico alvo do qual você fazia parte, vamos separar aqui o que sabemos sobre cada tipo de publico e assim você poderá cativar seus leitores mais facilmente.



Se impressionam fácil, mas agarra-los é bem complicado

Publico infanto-juvenil: Aqui entram Histórias em que o herói/heroína serão sempre muito jovens, terão questões familiares para resolver (muito mais relacionados aos pais e aos irmãos mais velhos) como ciúmes, divorcio dos pais, seguir ordens etc... tudo isso deve ser muito bem explorado para ambos os sexos, pois se as crianças se identificarem com esse personagem será meio caminho andado.


Personagens rejeitados e ingenuos costumam fazer sucesso

Nessas Histórias, você deve se espelhar na infância que poucos tiveram mas que todos gostariam de ter, então encha ela de aventuras, passeios, competições, muito bom humor e o mais importante: Amigos! toda historia infantil carece de muitos amigos, assim como toda infância tende a ser ( ja juntou todo mundo da sua rua pra brincar de volei quando era criança? não?...... poxa que chato!) enfim, é só ligar no canal cultura e verão o que eu digo.

Ja que essa turma é grande você pode ter diversos tipos de personalidades diferentes em cada historia, como se fosse em uma escola, imagine agradar desde o gordinho nerd até o valentão delinquente, crie personagens diferentes que juntos se completem, e isso bastará.


Turmas Grandes para agradar a todos os gostos!

Trama: bom, imagine lugares beeem coloridos, cheios de criaturas mágicas e Animais domesticáveis, desafios, enigmas, pensem ai... coloquem algum vilão adulto e extremamente feio, as crianças ainda diferem os mocinhos e os bandidos por coisas obvias do tipo, e coloquem o moleque mais subestimado da sua turminha pra resolver tudo. pronto! você ja tem a base pra um livro infanto-juvenil!

Bom, semana que vem vamos falar do publico Juvenil, espero que tenham gostado desse artigo e que opinem bastante nos comentários, até mais galera!