Translate

domingo, 9 de janeiro de 2011

Saudações!

                Este é o meu primeiro Blog. E isso me causa arrepios, pois nunca havia adentrado a esse novo mundo repleto de novidades, muita informação e tecnologia. Claro que já li muitos e muitos Blogs dos outros, e sempre tive vontade de criar o meu próprio mundo através de uma página de Web. Bem: Aqui estou!
                Esse Blog será principalmente destinado aqueles que gostam de ler um bom conto – só não tenham certeza de que gostarão dos meus – e para aqueles que curtem uma fofoca (atenção, se eu fofocar será sobre minha vida e não a dos outros).
                Bom, para que não fiquem boiando e se perguntando quem é esse tal de Valdir, vou dizer um pouco de minha história:
                Nasci em São Paulo, no dia 7 de Maio de 1993. Com seis anos freqüentei a pré-escola e no ano seguinte fui para a escola pública “E.E. Kakunosuke Hasegawa” – uma escola desconhecida por todos, desvalorizada por todos e que, simplesmente, não valorizava os alunos -. Neste mesmo ano comecei o meu interesse pela escrita.
                Eu não sabia escrever um “2”! Chorava, rasgava tantas folhas, apagava até que gastasse a borracha, mas não conseguia desenhar um simples número. Todos zombavam de mim.
                Não conseguia escrever uma letra sequer reta sobre as linhas de um caderno de caligrafia. E todos zombavam de mim.
                Enfim, o tempo fez com que eu pegasse o jeito da coisa e acabei sendo apenas mais um estudante comum, que sabia ler e escrever normalmente até os onze anos, quando – pela primeira vez – resolvi criar uma história sobre minha classe. Naquela época, eram tantas aventuras que aconteciam dentro da escola que eu as assemelhavam com seriados e novelas de televisão. E foi então que criei o romance: “7°A”.
                Meu professor, saudoso Noé Amós Guieiro, me incentivou muito ao ver minhas histórias, dizendo que eu tinha muita vocação para ser um bom escritor. Foi aí então que eu não parei de criar histórias, muitas delas de terror e suspense, pois era – e sou – fascinado pelo horror nos livros e filmes.
                E agora, quero compartilhar tudo que escrevo com vocês, porque são vocês leitores que me avaliarão e dirão se tenho vocação para ser um escritor. Apenas quero ser reconhecido.
                Então, daqui pra frente, postarei muitos contos e romances e espero que possam ler com dedicação e que me dêem conselhos e sugestões, não importa se forem negativos ou positivos.
                Desde já um muito obrigado e lets GO!